Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar utilizando esse site, você concorda com a utilização de cookies no seu aparelho como descrito em nossa . Políticas de utilização de cookies.
Reservar agora
+351 291640100
Reservar agora
  • 1 Natural Swimming Pools  Sea View
  • 56 Sunrise  Porto Moniz Madeira IIsland
  • 19 Fishing Madeira Island

História do Porto Moniz

Nos primórdios da descoberta da Madeira este povoado era denominado por Lugar da Ponta Tristão, sendo a parte ribeirinha do povoamento chamada de “Janela da Clara” e a área alta, localizada entre os sítios dos Lamaceiros e Achadas da Cruz, por Ponta do Tristão.

O nome actual desta localidade está ligado ao primeiro colonizador desta região, Francisco Moniz, “O Velho”. Este nobre algarvio casado com Filipa da Câmara, neta de João Gonçalves Zarco, foi o responsável pelo povoamento do Porto Moniz, tendo este ocorrido nos finais do século XVI, altura em que Francisco Moniz edificou a Capela de Nossa Senhora da Conceição, a volta da qual terá crescido esta povoação.

De acordo com os registos históricos, Francisco Moniz foi um dos primeiros residentes do Porto Moniz a beneficiar de terras em régie de sesmaria, herdadas do seu pai João Lourenço.

O Porto Moniz é uma das freguesias mais antigas do norte da ilha, fazendo inicialmente parte do concelho de Machico, à semelhança do que sucedia com as outras freguesias da costa norte. Com a elevação da freguesia de São Vicente a concelho, em 1744, o Porto Moniz passar a fazer parte daquele novo município.

A 31 de Outubro de 1835, em pleno reinado de D.Maria II, a freguesia do Porto Moniz foi elevada à condição de concelho, abrangendo inicialmente as povoações de Seixal, Ribeira da Janela, Porto Moniz, Achadas da Cruz e Ponta do Pargo. No entanto, com a anexação da Ponta do Pargo ao concelho da Calheta e 1871, o município do Porto Moniz ficou reduzido a quatro freguesias.

O Porto Moniz sofreu alguns contratempos no que concerne a sua existência como município. Assim, e conforme indicam os registos históricos, foi suprimido e reinstaurado três vezes consecutivas, nomeadamente: em 1849 foi extinto, juntamente com os concelhos de Câmara de Lobos e Santana, voltando de novo a ser restabelecido em 1871; finalmente, em 1895, foi extinto pela última vez, sendo reinstaurado definitivamente três anos depois precisamente a 13 de Fevereiro de 1898.

Na fase inicial, os primeiros povoadores dedicaram-se à criação de gado, cultura de cereais e extracção de madeiras. Por volta do século XVIII, a actividade principal passou a estar mais relacionada com a vitivinicultura, seguindo-se posteriormente a cultura da batata, a qual, no século XIX, constituía a base produtiva e da alimentação.

Actualmente, o município do Porto Moniz apresenta uma economia muito mais multifacetada, destacando-se, para além das actividades do sector primário, um forte desenvolvimento do sector turístico, designadamente nas áreas da hotelaria e da restauração.

O Porto Moniz é, sem dúvida, um dos concelhos com mais potencial turístico do arquipélago, possuindo boas acessibilidades, uma paisagem sem igual e inúmeros atractivos turísticos que trazem a este município diversos visitantes.
Fechar